• Facebook - Círculo Branco
  • YouTube - Círculo Branco
  • Instagram - White Circle
  • Branca Ícone Spotify

RARA

 'rare-black woman'

CD AUDÁCIA

Audacity

preta-capa-1400px.jpg
preta-contracapa-1400px.jpg

                      O CD Audácia tem oito músicas, duas poesias e uma faixa surpresa, que presta homenagem a diferentes mulheres negras que influenciaram Preta-Rara. Com participações de Mel Duarte e Akins Kintê, e produção de Talita Fernandes (7saias Produtora), a iniciativa de lançar Audácia nasceu após uma participação no show do rapper Criolo, no SESC/Santos, em maio de 2013. O trabalho solo da cantora saiu do papel quando foi contemplado pelo Fundo de Apoio a Projetos Independentes de Santos/SP. 

          Desde então, a rapper segue o exemplo de outros artistas que apostam nas redes sociais para divulgar o seu trabalho, que está disponível em diversas mídias, acompanhe os vídeos e os links para as redes da artista.

Featuring Mel Duarte and Akins Kintê, the Audacity album comes with eight songs, two poems and a surprise track, which honors different black women who had influenced Preta-Rara. The producer Talita Fernandes (7saias Produtora) had the initiative to release the Audacity album after she attended Criolo's concert in Santos, in May 2013. This Preta-Rara's solo project came to life when it was contemplated by  Santos independent projects support fund. 

Since then, the rapper is following the example of other artists who bet on social network to promote their work by making it available in different social medias. Follow the links below to Preta-Rara's networks.

  • Black Facebook Icon
  • Black YouTube Icon
  • Black Instagram Icon
  • Preto Ícone Spotify

SELECTA RARA 

Rara Selection

Preta-Rara aprendeu os passinhos de música enquanto a mãe limpava a casa, ou quando o pai empurrava os sofás da sala e toda família cantava e dançava em coro. Com 12 anos de idade, ela começou a se interessar pela rima, muito antes de fazer rap. “Meu pai era colecionador de discos. Ele não achava legal mulher cantando rap. Dizia que rap tinha que ter uma voz de peso”, conta Preta. Anos depois, o pai acabou mudando de opinião.

Antes de cantar rap, Preta desejava ser DJ e reproduzir nas pistas o afeto que recebeu dos pais. Porém, a dificuldade financeira para adquirir os equipamentos (toca-discos, mixer) a levaram às rimas dos MC.

A Selecta Rara é projeto de seleção musical, resultado das pesquisas musicais realizadas pelos acervos de vinis das cidades por onde a rapper circula.

            Preta-Rara learned the music rhythms while her mother cleaned the house, or when her father pushed the sofas out of the living room and the whole family sang and danced in chorus. At the age of 12, she became interested in rhyme, long before she did rap. "My father was a record collector. He didn‘t think that it was cool woman singing rap. He said that rap had to have a weight voice, "says Preta. Years later, his father finally changed his mind.

Before singing rap, Preta wanted to be a DJ and play on the tracks the affection and funny moments that she received from her parents. However, the financial difficulty to acquire the equipment (record player, mixer) led her to the MC rhymes.

Selecta Rara is a musical selection project, it’s a result of her musical researches carried out by the vinyl records of the cities where the rapper circulates.

 

VÍDEOS

Manos e Minas, TV Cultura 
TEDxSP
Estúdio Showlivre

Live Session - Filha de Dandara

NOSSA VOZ ECOA - Hip Hop Resiste

Our Voice Echoes - Hip Hop Resist

 

PRETA-RARA

     Preta-Rara é rapper, historiadora, turbanista, modelo e influenciadora digital. Sua trajetória é marcada pela atuação em movimentos negros e feministas. Nascida em Santos, no litoral de São Paulo, Preta começou a fazer rima aos 12 anos de idade. O interesse pela música surgiu por influência do pai, que era colecionador de discos, e durante a adolescência cantava na igreja com a família. Mais tarde, já com 20 anos, ela montou um grupo de rap, e em 2013 resolveu seguir carreira solo.

   A iniciativa de lançar seu primeiro álbum nasceu após uma participação no show do rapper Criolo, no SESC/Santos. O estilo da rapper, que busca experimentar ritmos com base no Rap foi consagrado com a aprovação da gravação do primeiro CD, Audácia, contemplado em um edital de incentivo municipal (Facult – Santos/SP). O álbum foi lançado em outubro de 2015. Nas músicas, Preta-Rara fala sobre empoderamento feminino, racismo e ainda sobre temas do cotidiano, como os relacionamentos amorosos que já viveu.

   A #EuEmpregadaDoméstica abriu um novo espaço para o diálogo sobre as condições das trabalhadoras domésticas no país. Depois de escrever, em sua página pessoal, um depoimento contando sobre um abuso de poder sofrido na época em era doméstica, Joyce começou a receber uma enxurrada de mensagens e se viu obrigada a criar um espaço só para divulgar os novos relatos.

   Lançou, em 2017, a websérie Nossa Voz Ecoa no Youtube, financiada pelo estado de São Paulo, que aborda temas como o racismo, o machismo e a gordofobia, e que contou com a participação de diversos convidados como a filósofa Djamila Ribeiro, o rapper Criolo, a MC Soffia, a cantora Liniker, dentre outras e outros. Em 2018, a websérie Nossa Voz Ecoa foi premiada no SP Web Fest e foi premiada com uma coprodução no Rio Web Fest, e segue concorrendo em festivais nacionais e internacionais.

     Preta é curadora da batalha Sófalá de MC do RedBull e circula com show solo e sendo convidada a cantar em parcerias, como no show da Gaby Amarantos na Casa Natura Musical, com a cantora Bia Ferreira, Doralyce, Curumin. Também participou dos videoclipes da cantora Pitty e do Monkey Jhayam Feat. Gaby Amarantos.

Preta-Rara (Rare-Black Woman) is a rapper, historian, turbanist, model and digital influencer. She acts in black and feminist movements. Born in Santos, on the coast of São Paulo State in Brazil, Preta began to rhyme when she was 12. Her interest in music was influenced by his father, who was a record collector, and during her teenage years singing in church with her family. 

The initiative to launch her first album grew up after she participated in the Criolo's show, one of the most famous rapper in Brazil, in2013. Preta's style seeks to try and mix rhythms based on Rap, and her desire turn true been selected to record her first CD, 'Audacia', which was contemplated in a municipal fund  in Santos city. The album was released in October of 2015. In her songs, Preta-Rara talks about feminine empowerment, racism and still about  her daily issues, such as the relationships that she have already lived.

The Facebook page # EuEmpregadaDoméstica opened a new space for dialogue about how are exploited the domestic workers in the Brazil. After writing on her personal page a testimonial about a power abuse suffered  she was a housemaid, Joyce began to receive a flood of messages and saw herself  encourage to create a space only to spread the new stories.

In 2017, she launched the webseries 'Our Voice Echoes' (Nossa Voz Ecoa) on Youtube, funded by the state of São Paulo, which deals with themes such as racism, sexism and  fat phobia. The documental serie casts the philosopher Djamila Ribeiro, Criolo, MC Soffia, the singer Liniker, among others. In 2018,  Nossa Voz Ecoa was awarded at SP Web Fest and at Rio Web Fest a co-production was set, and it continues to apply in national and international festivals.

Preta is the curator of the Red Bull MC's Sófalá Battle, and has a solo show and is invited to sing in partnerships, such as Gaby Amarantos's show at Casa Natura Musical, also with Bia Ferreira, Doralyce, Curumin, Bnegão, Paula Lima, Karina Bhur. She also participated in the videoclips of  Pitty and Monkey Jhayam Feat. Gaby Amarantos.

"Heróis possíveis para causas impossíveis: Preta-Rara"
Possible Heroes for Impossible Causes: Black-Rare.

-  G1, 16/12/17

"Rapper e arte-educadora, Preta-Rara faz do seu desconforto seu motor criativo"
Rapper and art-educator, Preta-Rara makes her discomfort her creative engine.

-  Cult|Uol, 11/07/17

"I am housemaid, hear me roar"
Eu sou uma doméstica, ouça-me rugir 
-  BBC Trending, 01/08/16
"Rapper voices Latin housemaids' suffering"
Rapper expressa o sofrimento das empregadas domésticas latinas 
-  Asian Age, 05/08/16
 
 

CONTATO

  • Black Facebook Icon
  • Black YouTube Icon
  • Black Instagram Icon
  • Preto Ícone Spotify
 

AGENDA

PRETA-RARA

SET_19

PRETA-RARA

SE INCREVA P/ NOVIDADES

  • White YouTube Icon
  • White Facebook Icon
  • White Instagram Icon

PRETA-RARA, 2019. Audácia Produções
Fotos do site: Juh Guedes

Fotos Nossa Voz Ecoa: Cibele Appes | Fuzuê Filmes